quinta-feira

A voz do povo




Verdade pura e óbvia.
Pena que na hora de votar a gente não seja tão sábia assim.



Presente da amiga Carol Timm.

18 comentários:

Jens disse...

Oi Adelaide.
Estou voltando, desta vez, espero, para ficar (ultimamente ando sempre indo ou voltando; 2009 promete).
Concordo integralmente com o taxista anônimo. Acrescento que eles também deveriam, ao menos um mês por ano, ser obrigados a acordar as cinco da matina e sobreviver com 1 salário mínimo, só pra ver/sentir como é a vida fora do Olimpo.
Um beijo.

adelaide amorim disse...

É isso aí, Jens. Beijo.

Marco disse...

O nobre taxista em questão está eivado de razão...
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Cadinho RoCo disse...

Tenho vergonha só de pensar no desempenho eleitoral do brasileiro. E o pior é ter isso como obrigação.
Cadinho RoCo

Dora disse...

Esse taxista traduziu as verdades que gostaríamos todos de dizer e de ver "implantadas"...Mas, acho que, por enquanto, elas (as verdades) ficarão no terreno da UTOPIA, não?
Beijos, amiga querida!
Dora

adelaide amorim disse...

Pois é, Marco. Nem é preciso ter pós-graduação em ciência política... Beijo.


É de dar vergonha mesmo, Cadinho. Uma tristeza.
Obrigada pela visita, volte sempre. Um abraço.


Utopia bem pobre, a nossa, né não, Dorita? O problema é tão complexo que só mesmo o ELio Gaspari pra escrever um catatau sobre ;)
Beijo.

Mel disse...

Oi Adelaide!
Pois esse taxista está certíssimo! Se nas cidades grandes tais atendimentos já são precários, imagina no interior!
...
Beijos e bom fim de semana!

adelaide amorim disse...

Nem é bom pensar no que vai por aí, Mel.
Beijo!

Neysi disse...

Mais que certo ele...andei atualizando o Notas, de vez em quando consigo escrever alguma coisa..
Posso colocar a Esquizinha no AvessoReflexo?

adelaide amorim disse...

Neysi, minha flor, é claro que você pode levar a Esquizinha - pra bem longe, se possível :))
Beijo

Nanda do IP disse...

Dade, se tal lei existisse, não duvido que eles fizessem algumas escolas e hospitais públicos e 'exclusivos' para seus familiares. Com tudo do bom e do melhor, como sempre fazem! Você viu o 'castelinho' do deputado mineiro? Está a venda por 'apenas' 25 milhões - é a crise! =P Ahhh, sobre tempo - ou melhor, a falta dele, tem uma letra de música bem legal na caverna. Beijos!

adelaide amorim disse...

O deputado mineiro é apenas um sonhador que resolveu realizar seus sonhos, Nanda. A nós resta a mega-sena, pra que mais? Bjks.

Vanessa disse...

Adelaide, obrigada por aceitar o convite para a coletiva. Por favor, deixe um recadinho lá no Fio com o nome do blog que irá participar dia 17.

abraço

adelaide amorim disse...

Não há de quê, Vanessa. É um prazer.
Beijo.

djaegger disse...

Político é síntese de povo, povo é o que vemos por aqui há quantos anos?
Povos procuram seu heróis entre os que sabem se dar bem, não buscam engenheiros, professores, psicólogos, algum letrado, não , importante para eles é o safado que em carreira meteórica soube aliciar, fraudar e sonegar, de modo geral do ladrão maior, o governo. O povo quer um Robin Hood do bem! Elege sempre um do mal, o bão. Incluindo os taxistas, classe mal afamada./Beijos

adelaide amorim disse...

Céu, Dácio, não vá algum taxista de mau humor ler isso! :)
Beijo

Carol Timm disse...

Dade,

Tem uns taxistas que salvam o dia da gente, né?

Outro dia um me ajudou a dar boot no celular travado. Disse para eu apertar a tecla reset, que no meu aparelho não existe. Mas a idéia salvadora surgiu daí mesmo: tirei a bateria e religuei. Ficou novinho... hehehe.

Menina, tô com saudade e melhorando do pé finalmente. Acho que já podemos marcar um novo encontro. Vou reduzir a maratona de Fisio e cia. Viva!

Ah, tem um presentinho para ti, lá na Casa de Palavras. Passa lá!

Beijos,
Carol

adelaide amorim disse...

Carol, também ando com saudade de você. Que bom que está melhorando.
Beijo!