segunda-feira

Verdades a perigo

Desenho de Escher.



Quase toda mentira é uma verdade coberta de sujeira.
Às vezes basta um espanador pra achar a verdade que ela tenta encobrir.
Outras, só com soda-cáustica e caco de telha.
Em tais casos, às vezes a verdade morre junto.

10 comentários:

Cristiano Marcell disse...

Muito bom!

mfc disse...

Por vezes está demasiadamente bem (mal) encoberta!

Ira Buscacio disse...

Mentiras são palavras suicidas!
Adorei, sem espanador e caco de telha
bj grandão, Dade

Bípede Falante disse...

tem verdades engessadas como os donos...
gente pra sempre alquebrada na teimosia e na indiferença.
nem sei.
beijoss

dade amorim disse...

Obrigada, Marcel, você é mutio bem-vindo.

Abração

dade amorim disse...

Certamente, amigo, certamente.

Beijo.

dade amorim disse...

São mesmo, Ira!

Beijo beijo.

dade amorim disse...

Teimosia e indiferença, eis aí a origem de tantas mentiras.

Beijo, querida.

Anna Amorim disse...

Verdade bem dita aqui.

Beijos,

Anna Amorim

Tati disse...

Nem sempre vale a pena limpar a mentira. Que assim fique, como porca sob a lama. Se preferisse a limpeza, teria nascido verdade.