segunda-feira

Barulho demais para dormir em paz





Foto Jean Haute-Garonne.



Na página da UOL datada de 11 deste mês, a entrevista de um climatologista alagoano faz balançar as convicções mais em voga a respeito de aquecimento global, do CO2 e outros assuntos assim tão atuais, que às vezes fazem pessoas mais sensíveis perderem o sono.

Luiz Carlos Molion – esse é o nome do moço – descrê das teorias vigentes sobre o clima do planeta, desacredita do diagnóstico que motivou o atual encontro de Copenhague, a Eco92, do Rio, e o Protocolo de Kyoto. Ele afirma ser o pioneiro dessa posição, nega que o aquecimento seja culpa do homem e nega o próprio aquecimento, nos termos aceitos quase consensualmente no mundo. Nega também que o carbono – que chama de “gás da vida” – produza os efeitos adversos sobre o meio ambiente que quase todos lhe atribuem, reconhecendo apenas que os combustíveis fósseis liberam substâncias nocivas, como o enxofre. Afirma ainda que a visão ecológica predominante hoje, na mídia e entre muitos que se dizem cientistas e pesquisadores, tem origem em interesses políticos e industriais.



Imagem Anchor. Árvore rendilhada.



 A entrevista, que vale a pena conhecer, pode ser lida na íntegra aqui.



14 comentários:

Jens disse...

Puxa, Adelaide, bem que eu gostaria de me deixar enganar, mas não consigo. Por vezes queria ser mais lorpa do que sou. A vida seria bem mais fácil de aturar.
***
Bem que queria dar uma força para o Johnny. Pena que o Banco de Sangue não aceite depósito interestadual.

Beijo pra você.

Nanda disse...

São tantas as teorias e contradições, que só me resta dizer: Só sei que nada sei! Dade, seu 'cartãolendário' deve chegar essa semana; tá? Beijos!

dade amorim disse...

Pois é, Jens. E agora? Não sei você, mas eu balancei. Quero saber mais sobre o assunto.

Beijo pra você

dade amorim disse...

Também estou meio perdida, Nanda.

Beijo beijo.

VeraBasile disse...

Oi Adelaide!! É engraçado, qdo li essa entrevista na uol...fiquei super "feliz"...pq de uma certa forma tira das nossas costas a parcela de culpa por esse desastre ecológico...quem sabe ele não está certo e o mundo td errado? Vai ver é só politicagem mesmo..rsr..como disse a Dilma:"O meio ambiente é uma ameaça ao desenvolvimento sustentável." rsrs..
Bjsss

dade amorim disse...

É verdade, Vera. Seria mesmo muito bom que o alagoano tivesse razão. Mas aposto num percentual de acerto de um e outro lado. Não somos assim tão inocentes, e a ganância infelizmente é real.

Beijoca pra você.

VeraBasile disse...

Pois é...Bom, o sumiço é real...assim como o sumiço da inspiração rs..já nem questiono mais...Mas, tenho feito estudos para um novo projeto, até lá quem sabe o trabalho não canse a realidade e dê uma brecha para o "sonho"..rsrs...Bjs!!:)

Nanda disse...

Voltei! Recebi o mimo ontem e amei, obrigada! Vai me acompanhar todo Ano Bebê! Sobre os vizinhos, vivo rezando pra que se mudem, talvez um dia, Deus ouça minhas orações...rs - Beijos.

Ana disse...

Oi, Dade, tudo bem?

Copenhagen acabou em pizza. Vamos ver o que o futuro nos reserva - se é que os maias não estavam certos e tudo se acaba em 2012!

O ano está acabando e deixei meu último post na Estante Mágica. Te convido a visitá-la e se possível dar uma força na divulgação do "novo velho livro"... hehehe!

No mais, boas festas e um ótimo 2010!

beijos

Ana

Beti Timm disse...

Voltando cheia de saudades. Nosso planeta está aos poucos definhando e muitas vezes nós mesmos contribuímos para isso.

Beijinhos

dade amorim disse...

Ana, que bom que está de volta.
O livro vai aparecer no próximo post, viu?

Beijo natalino.

dade amorim disse...

Beti, espero que Papai Noel não nos abandone por causa do aquecimento global :o)

Beijo pra você.

Luma Rosa disse...

Vou continuar fazendo a minha parte, pois não me custa! No mais, existem pessoas que aparecem mais quando nadam contra a corrente e bem, as mudanças virão, a terra está em evolução e um dia vai acabar! Os cientistas pesquisam outros planetas, não para que os abastados possam gastar suas férias, mas a procura de água, que vai acabar em breve. Acabou água, babau! Nem precisa a terra acabar, não acha?
Vou lá ler a reportagem! Beijus,

Luma Rosa disse...

Mandei o link deste artigo para o Afonso (O Chato) e ele vai fazer um texto. Depois te falo! Beijus,